Walmart deve indenizar funcionária por filmagem em vestiário feminino

11-arte-blog-destaque-marco-2014

A rede de supermercados Walmart foi condenada a indenizar uma funcionária por instalar filmadoras nos vestiários femininos de suas lojas. A 2ª turma do TRT da 10ª região fixou a indenização em R$ 40 mil.

A empregada alega que, além de ser filmada no vestiário, era obrigada a participar de dança constrangedora em “ritual motivacional” e passava por revistas na frente dos clientes. Segundo a trabalhadora, as filmadoras foram instaladas de maneira que era possível observar as funcionárias trocando de roupa.

Depoimentos de testemunhas comprovaram os fatos narrados. Diante das provas, o juiz convocado Carlos Alberto Oliveira Senna, relator do processo, concluiu que “o contexto reflete, assim, violação da intimidade, constrangimento e condição vexatória obreira a atrair a reparação pecuniária pela lesividade moral perpetrada dano moral“.

Fonte: Migalhas

Write a Reply or Comment